Menos é Mais

A tarefa de só repor um item quando o outro acabar

Desde que comecei a pensar mais no meu consumo – falei um pouco aqui – eu parei para pensar no escutei no começo da minha adolescência: “nós não precisamos de muitos pares de sapatos, nós queremos muitos pares de sapato”. E a própria pessoa que disse isso para mim confessou que tem muitos por que queria mesmo e que tinha dinheiro para aquilo.

Acho que foi a primeira vez que parei para pensar no querer X precisar. Quando somos jovens, a gente sempre acha que aquilo que queremos é essencial – “como vou viver sem aquela sandália da Xuxa? Eu preciso dela agora!” – lembro-me desse sentimento quando via a propaganda na tv. Tá aí o markenting e a propaganda dando certo desde sempre.

Acontece o mesmo depois que crescemos. Continuamos tendo aquela impressão que se você não estiver por dentro do que está na moda ou o que e é novo, você está perdendo alguma coisa.

Até pouco tempo atrás, pensava que todo ano tinha que comprar sapato novo (seja tênis, sandália, sapatilha) mesmo que aqueles que comprei no ano anterior estivessem em perfeito estado, que eu não tenha mais espaço na sapateira e o pior, ter usado alguns sapatos meia dúzia de vezes.

No caso de cosméticos era a mesma coisa. Shampoos, sabonetes, hidratantes e maquiagens eu sempre queria testar os lançamentos e acabava que ficava com penteadeira e banheiro lotados e obvio, eu não conseguia consumir tudo antes do prazo de validade.

Só que percebi que gastava muito tempo e dinheiro pensando assim. Logo, eu resolvi comigo mesma que não compraria alguns itens enquanto um outro não fosse usado totalmente ou bem usado, ou então, dado para alguém que fosse usar de verdade.

Desde o começo do ano tem sido assim e o resultado não poderia ser o melhor:

1 – Penteadeira e banheiro mais organizados, com mais espaço e mais fácil de arrumar (mas ainda não está do jeito que quero)

2 – Mais tempo livre – Não fico mais antenada nos últimos lançamentos, levo menos tempo decidir o que usar, levo menos tempo para arrumar a penteadeira, saiu menos para comprar.

3 – Economia – sobra mais dinheiro para poupar ou investir em algo mais gratificante 😉

4 – Mais conciência no preciso X desejo (esse é uma luta constante na verdade)

Recaídas temos, não me condeno por isso não, estou me esforçando e já tive ótimos resultados!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *